TEU, MEU, NOSSO CASO! CASA UNE ARTE E GASTRONOMIA

TEU, MEU, NOSSO CASO

Casa mistura arte e boa gastronomia

Para mim gastronomia é sem sobra de dúvidas uma obra de arte, apesar de haver controvérsias sobre esta afirmação. Ao descobrir que a nossa querida BH ganhara um espaço que abrigava uma galeria de arte e um bistrô ao mesmo tempo, morri de curiosidade. Descobri a existência do Teu Caso através de posts da querida Denise Girão que esteve por lá na hora do almoço e no mesmo dia os amigos Renata e Bernardo do Oncevai também aguçaram a minha curiosidade através de posts super bem elaborados.

Dias depois estive por lá, meio que na correria enquanto executava uma pá de tarefas de marketing pré carnaval, mas cá entre nós aquele almoço no meio da confusão foi um refúgio na loucura do dia a dia e um momento de sentir sabores teoricamente simples mas que exacerbaram todos os sentidos  afinal um picadinho ao vinho perfeitamente executado não é para qualquer um. Logo, eu já fiquei com um lindíssima primeira impressão sobre a casa.

Há alguns dias recebemos do Teu Caso um convite para conhecermos as novidades do cardápio e aceitamos com muita alegria. Ao chegarmos ao local já fomos maravilhosamente impactadas pela recepção calorosa, pelo casarão centenário perfeitamente conservados e pelas belíssimas obras de arte expostas nas galerias. São exposições que abrem o coração da gente, que realmente emocionam. Meu negócio é comida, mas confesso que arte tem um espacinho cativo no meu coração e perceber a equiparação de ambas as formas de arte em uma casa linda no meio da cidade, realmente me deixa feliz.

Reflexões a parte, vamos falar de coisa boa e não é tech pix. Vamos falar da comida do Teu Caso, que é capitaneada pelo chef Cassiano Vieira, que já era velho conhecido da nossa editora de cultura Paulinha Bicalho, já que ambos são de uma das mais belas regiões de Minas – a região do Caraça – . Eu não conhecia o chef e me encantei com seus talentos e com sua disponibilidade em conversar com as pessoas e paixão pelo que faz. Começamos a degustação por uma séria de salgados de encher os olhos e os paladares: croqueta de queijo do Serro, bolinho de abóbora com carne seca, pastel de angu com nozes e cogumelos e pastel de angu com maça de peito e alho poró. Ao contrário de muitos restaurantes os salgados são fabricados na casa e os pastéis de angu feitos com  fubá de moinho d´água. Eu sou salgadeira assumida, amo a iguaria, então sou um pouco suspeita para falar mas em minha opinião eles foram minuciosamente elaborados, a fritura estava perfeitas e todos deliciosos, mas a croqueta de queijo do Serro, ah aquela croqueta, acho que ainda sonho com ela.

Em seguida conhecemos um ravióli muito especial, ele leva rúcula na massa – também fabricada na casa – e no recheio, pasmem… taioba! Sim uma das mais mineiras das verduras virou estrela de um prato super delicado e que encantou até a aqueles que não curtem muito pratos menos conservadores. Serião, eu amei o prato, já indiquei várias pessoas a irem conhecer e eu, claro, em breve retorno para comer mais um pouquinho daquela maravilha.

Mas as experiências não pararam por ai, carne de lata com pimentões salteados e mandioca na manteiga de garrafa foi o próximo sabor degustado e a mistura de sabores e texturas é de fato muito gostosa. Em seguida experimentamos o icônico macarrão com feijão da casa. O prato é deveras muito saboroso e a cada garfada nos leva a dias de infância na casa da vovó brincando no quintal com os primos durante o tradicional almoço de domingo.

Para fechar a noite o famoso pudim da casa acompanhado de docinhos mineiros e de uma das mais famosas duplas da nossa culinária: queijo + goiabada.  Foi uma noite extremamente agradável, pelo clima intimista da casa, a atenção dos anfitriões Wagner, Nicole e Cassiano, a belíssima comida do chef  e o conhecimento e paixão do Wagner Nardy, curador de arte da casa. Ah só lembrando que todas essas delícias foram acompanhadas por vinhos da Confraria Januário, também uma grata surpresa da noite.

A gente indica fortemente a visita ao Teu Caso, que tem comida de respeito e um dos mais belos acervos de arte da cidade, seja no almoço ou  a noite a casa certamente vai te surpreender.

Anote!
Teu Caso
Endereço: Rua Espírito Santo, 1502, Lourdes – Belo Horizonte
Funcionamento: Terça a sexta das 11h às 15h e das 18h às 23:30h Sábado das 12h às 23:30h
Informações: 31 3656 1749

Categorias
Gastronomia
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR