TEATRO EM MOVIMENTO APRESENTA "AGOSTO"

TEATRO EM MOVIMENTO APRESENTA “AGOSTO”

A montagem foi considerado pelo portal Observatório do Teatro como uma das melhores peças da década
Credito Silvana Marqeus

Uma família desconectada, desfeita, cujos membros insistiram na união o quanto puderam, da forma que puderam, mas que chega finalmente ao limite da desistência. Esse é o enredo de “Agosto”, premiado espetáculo que o Teatro em Movimento traz a BH nos dias 4, 5 e 6 de outubro, sexta a domingo, no teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube.

Uma contundente e emocionante história sobre conflitos familiares, sobre o inconfessável, sobre o que fica entalado na garganta e sufoca – coisas que toda família passa ou já passou, não é mesmo?

Com direção e adaptação de André Paes Leme, a montagem brasileira é vencedora dos prêmios Cesgranrio de Melhor atriz para Guida Vianna, APTR de melhor atriz para Guida Vianna e Leticia Isnard e de melhor ator coadjuvante para Claudio Mendes e foi idealizada pela produtora Maria Siman.

Completam o elenco os atores Alexandre Dantas, Claudia Ventura, Eliane Costa, Guilherme Siman, Isaac Bernat, Julia Schaeffer, Isabella Dionísio, Marianna Mac Niven e Isabelle Dionísio.

Apesar de se tratar de um texto denso, forte, há uma certa descontração na peça, uma divertida recusa em levar-se demais a sério, uma tendência a nos passar “rasteiras” cômicas justamente nos momentos em que achamos que não há mais espaço para o riso.

Violet (Guida Vianna) e Bárbara (Letícia Isnard) são as protagonistas. Violet é uma mulher que vive numa situação limite, literal e metaforicamente falando. Literal porque faz quimioterapia para um câncer de boca e talvez sua morte esteja anunciada. Metaforicamente, porque sua família está se desmantelando: o marido sumiu, as filhas só esperam o funeral para partir e a ela só restará permanecer sozinha aos cuidados de uma empregada que ela não conhece.

Bárbara é a filha preferida porque Violet a julga a mais inteligente e a mais parecida com ela. Os temperamentos parecidos levam as duas a embates frequentes. Violet guarda profunda mágoa de Bárbara porque ela não voltou pra casa quando soube do seu câncer, mas sim quando o pai desapareceu. A peça conta uma história familiar na extensão de seus conflitos e de seus afetos.

A obra é do americano Tracy Letts, vencedora do Pulitzer de melhor drama e Tony de melhor texto, que inspirou também o filme Álbum de Família, com Meryl Streep e Julia Roberts, exibido no Brasil, em 2013.

A realização em BH é do Festival Teatro em Movimento, por meio da lei Federal de Incentivo à Cultura. A peça tem realização nacional da Primeira Página Produções e Trupe Produções e a montagem foi produzida com o patrocínio da Porto Seguro.

Veja o convite que as atrizes da peça fizeram para o público de BH:

Anote!

Credito Silvana Marqeus

Agosto
Data: 4 a 6 de de outubro
Horário: sexta às 21h, sábado às 20h e domingo às 20h
Local: Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube – Rua da Bahia 2244 – Lourdes/BH
Ingresso: R$ 70,00 (inteira) – R$ 35,00 (meia entrada)
Vendas: bilheteria do teatro ou www.eventim.com.br
Informações: (31) 35161360
Classificação: 16 anos. Duração: 130 minutos. Gênero: Comédia dramática
Tradução em Libras

Categorias
ETC...
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR