OSWALDO MONTENEGRO LANÇA “A CHAVE DO VALE ENCANTADO”

OSWALDO MONTENEGRO LANÇA “A CHAVE DO VALE ENCANTADO”

É o 4º longa- metragem lançado pelo músico
Divulgação

O novo filme de Oswaldo Montenegro, “A Chave do Vale Encantado”, estará disponível em seu canal do YouTube, a partir do dia 10 de abril. O longa recebeu os prêmios de Melhor Filme pelo Júri Popular e pelo Júri Técnico, Melhor Diretor, Melhor Trilha Sonora e Melhor Figurino no Festival de Cinema e Vídeo dos Sertões.

“A Chave do Vale Encantado” é uma adaptação, para o cinema, do livro “O Vale Encantado”, que Montenegro escreveu na década de 90, que foi premiado e indicado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) para ser adotado nas escolas.

Divertido e emocionante, o filme propõe uma desconstrução dos icônicos personagens dos contos de fada: Robin Hood, Rapunzel, Branca de Neve, Chapeuzinho Vermelho, Lobo Mau, Príncipe, Bruxa, Fada Azul, Papai Noel, Pequeno Polegar, Pinóquio e outros.

Um infantil para adultos ou um filme adulto com censura livre. “É uma aposta no afeto, no entendimento entre as pessoas como única chance pra nós”, afirma Oswaldo Montenegro, diretor, que também assina roteiro e trilha musical, além de narrar a história.

“Todos do Vale Encantado discordam, lutam por suas ideias, mas não há julgamento moral, nem perda de carinho. Isso não deixa de ser uma analogia ao momento em que estamos vivendo”, conclui.

Rodado em Visconde de Mauá/RJ e na capital carioca, sem verba incentivada, o filme teve o patrocínio da empresa Log Frio.

História

O Vale Encantado é um lugar mágico, onde moram os personagens do Mundo da Fantasia. Ali, eles levam uma vida normal: Branca de Neve é apaixonada pelo Dunga. Rapunzel é a distraída do “Reino”. Lobo Mau bajula a Vovó e se diverte com a Chapeuzinho Vermelho. Robin Hood é superado por Lady Marian em brincadeiras de lutas de espada.

Cada vez que uma criança do mundo real dorme, os personagens são convocados para entrar em seu sonho e, aí sim, interpretar as aventuras como a gente conhece. Quando a criança acorda, eles voltam para o Vale, para seu cotidiano.

O único que possui a chave do Vale Encantado e conhece nosso mundo fora dos sonhos é o Papai Noel, que vem trazer os presentes no Natal. Sem explicar a razão, ele proíbe os personagens de virem até aqui e isso gera um grande conflito.

O filme aborda o que sentiriam essas figuras míticas se olhassem para o mundo em que vivemos. Ao mostrar diferenças entre o mundo da fantasia e o mundo real, a história ganha contornos de crítica social: no Vale Encantado, o velho Gepeto é tratado com carinho e respeito, já no nosso mundo, idosos são abandonados em asilos ou sofrem maus tratos. Enquanto o Pequeno Polegar leva uma vida de aventuras e afeto, crianças de nossas ruas são apáticas e passam fome.

Classificação livre

Categorias
destaqueETC...
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR