INICIATIVAS RELEBRAM O ORGULHO LGBT, COMEMORADO NO DIA 28 - %%%%

INICIATIVAS RELEBRAM O ORGULHO LGBT, COMEMORADO NO DIA 28

Respeito! Amor! Empatia! Direitos iguais! Essas são algumas das lutas da comunidade no país

Em 1969, Nova York viveu o que seria um marco na luta em prol dos direitos da comunidade LGBTQIA+. O episódio aconteceu no bar Stonewall Inn, frequentado por gays, lésbicas e trans e também alvo frequente de batidas policiais violentas. No dia 28 de junho daquele ano, as pessoas resolveram se defender, revidando as agressões.

Foram duas noites de enfrentamento e manifestações violentas e espontâneas de membros da comunidade LGBT. A partir daí o movimento se organizou e, um ano depois, realizaram a 1° Parada do Orgulho LGBT, para lembrar o episódio e lutar por direitos.

Em seu canal no IGTV, a historiadora, pesquisadora e influenciadora digital Giovanna Heliodoro (@transpreta), contou a história que vai além de Stonewall.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Giovanna Heliodoro (@transpreta) em

Programação

Ao longo do fim-de-semana, diversas iniciativas vão homenagear e lembrar a importância do Orgulho Gay. Confira algumas atrações:

@bsurda
Até 28 de junho, a festa realiza a Parada Virtual no IG, Zoom e You Tube com oficinas, shows, bate papo, festas, DJs e muito mais.

Festa Tr4v4d4
Com exibições de filmes, debates, entrevistas, aulas, oficinas, shows, performances, djs e muito close travestigenere e negres, também até domingo, 28.

@paradasp
No domingo, 28, a partir das 14h, realizarão a live “Festival de Cultura e Parada Online do Orgulho LGBTI Brasil”, com 10 horas ininterruptas com diversas atrações culturais, saudações de personalidades, lideranças políticas, lideranças LGBTI e dos Direitos Humanos, relatos de pessoas LGBTI com histórias lindas de superação. Também vamos celebrar nossas conquistas e falar dos desafios no enfretamento à discriminação e na promoção da cidadania LGBTI no Brasil.

Global Pride
Um mega evento online unindo diversas Paradas do Orgulho LGBT com programação bastante variada. Estão confirmadas performances musicais, discursos e mensagens de ativistas pelos direitos humanos. A ideia é celebrar a força e a resistência da comunidade LGBTQIA+. Os mais de 800 organizadores vão garantir 24 horas ininterruptas de programação. A transmissão ao vivo começa no dia 27 de junho na Ásia, na Austrália e na Nova Zelândia, seguindo pela Europa até chegar ao continente americano. Tudo será veiculado por uma plataforma de streaming ainda não anunciada, pelo site oficial do Global Pride. Já estão confirmados nomes como Pabllo Vittar, George Michael, Thelma Houston, Kristine W, Olivia Newton John, Ava Max, Deborah Cox, Bright Light, Courtney Act, Steve Grand e Rachel Sage.

Museu da Diversidade Sexual + Plataforma #CulturaemCasa
+Orgulho será composto por lives com artistas LGBTQIA+; exposições Queerentena e O Orgulho Ocupa a Rua (acervo fotográfico do Museu da Diversidade Sexual sobre Paradas LGBTQIA+ disponível no Google Arts & Culture) e pela Série Memórias, entrevistas feitas com personalidades relacionadas à luta LGBTQIA+. As ações acontecem no dia 28, domingo, a partir das 16h, no www.culturaemcasa.com.br.
Veja:
-16h: Live de abertura com TchaKa a Drag Queen e entrevista com Franco Reinaudo, diretor do Museu da Diversidade Sexual
-17h: Live Debate do Museu da Diversidade Sexual com Helena Vieira, Renan Quinalha e Rita Colaço. Mediação do professor Paulo Souto Maior
-18h30: Lives Stonewall 50, Liniker, Edy Star e Maria Alcina
-19h: Deus me Live! A noviça mais que rebelde – Wilson dos Santos
-20h: Lançamento do filme A Volta da Paulicéia Desvairada (Lufe Steffen) na plataforma #CulturaEmCasa; Leonardo Oliveira indicando leituras – Museu Felícia Leirner, 6′; transmissão da projeção das fotos do Museu da Diversidade Sexual na plataforma #CulturaEmCasa e apresentação de trechos das lives de Rita Von Hunty e João Silvério Trevisan
-21h30: Uma flor de dama, com Silvero Pereira

LGBTFlix
Galeria de filmes brasileiros de temática LGBT+ que dá pra assistir no celular. Focada em curtas-metragens, foram dirigidos por cineastas LGBT+ brasileiros e/ou tem a comunidade como tema. Parte deles já estava disponível em plataformas como youtube e vimeo; outra parte foi especialmente disponibilizada para a plataforma. É um projeto de arte totalmente gratuito e não tem relação com nenhuma plataforma de streaming.

Multishow
O especial começa dia 28, às 17h30, com a reprise de um episódio de Vai Fernandinha com a cantora Daniela Mercury e sua esposa Malu Verçosa em uma entrevista emocionante. Às 18h15, é a vez de Lady Night com Lulu Santos. A programação continua no dia seguinte (29), às 19h, com um TVZ especial apresentado por diversos artistas LGBTQIA+, como Daniela Mercury, Gloria Groove e Pabllo Vittar.

No canal Música Multishow no YouTube (www.youtube.com/multishow), está no ar uma Playlist Orgulho LGBTQIA+ até o dia 30. No Multishow Play, todos os episódios de Prazer, da Pabllo Vittar estão abertos também para não assinantes até o fim de junho.

Canal BIS
A programação vai trazer dois documentários imperdíveis. No dia 28, às 20h30, Tombadoras, que conta histórias de Pabllo Vittar, Gloria Groove e Aretuza Lovi, cantoras drag queens que resistiram e superaram o preconceito dentro e fora de casa, tornando-se estrelas da música atual. Às 21h30, o canal exibe o inédito Army of Lovers in The Holy Land. Contado pela própria banda sueca, o filme foi premiado como Melhor Documentário no Haifa International Film Festival, em Israel, e traz questões além da música, especialmente a respeito de sexualidade, liberdade, pertencimento e raiz. Ambos estarão disponíveis também no BIS Play.

Telecine
Para abraçar a diversidade em todas as suas formas, o Telecine comemora o Dia do Orgulho LGBTQI+ em tom de manifesto, representado por filmes, cores, artes e vozes. A marca convidou ilustradores para recriarem cenas simbólicas do cinema a partir das cores do arco-íris e produziu um vídeo manifesto em defesa do amor e da liberdade. A locução do Manifesto do Orgulho é assinada pela cantora Majur.

Ainda inspirado nas cores do arco-íris, o Telecine selecionou títulos disponíveis em seu streaming que inspiram a comunidade ao redor do mundo e dialogam com as letras que formam a sigla da causa.

SÁBADO, 27

*Tomboy
Telecine Cult, sábado, 27, às 16h45
Na França, a pequena Laure se muda com os pais e a irmã para outro bairro. Buscando fazer amigos, ela sai para brincar e conhece Lisa, que a confunde com um garoto. Laure então decide assumir a identidade de Mickaël em segredo, o que, somado à nova amizade, acaba despertando certos questionamentos.

*Rafiki
Telecine Cult, sábado, 27, às 18h15
Mesmo filhas de famílias rivais políticas, as jovens quenianas Kena e Ziki são amigas inseparáveis. Aos poucos, as duas começam a viver uma intensa paixão, desafiando as leis do Quênia que criminalizam a relação homossexual. Agora, as duas precisam escolher entre serem livres ou viver em segurança. O filme foi o primeiro longa-metragem do Quênia a ser exibido no Festival de Cannes.

*Tinta Bruta
Telecine Cult, sábado, 27, 19h50
Pedro é um adolescente tímido que foi expulso da faculdade após uma possível agressão. Vivendo com a irmã, o garoto gasta seu tempo fazendo performances eróticas para a internet. Quando um estranho rouba a cena postando vídeos semelhantes aos seus, ele decide ir atrás do responsável.

*The Rocky Horror Picture Show (1975)
Telecine Cult, sábado, 27, às 22h
Durante uma tempestade, fura o pneu do carro do jovem casal Brad e Janet. Procurando abrigo, eles acham uma misteriosa mansão. Logo eles descobrem que ela é residência do dr. Frank-N-Furter, um excêntrico cientista que naquele dia revela Rocky, sua mais recente criação para lhe dar prazer.

*Dor e Glória
Telecine Cult, sábado, 27, às 23h50
Em baixa na carreira, o diretor de cinema Salvador Mallo relembra melancolicamente os momentos da sua vida, desde a infância nos anos 60 até o presente. Ao reencontrar amores e familiares, ele reflete sobre suas decisões, o amor, o processo criativo e a paixão pelo cinema. O filme recebeu duas indicações ao Oscar: Melhor Ator e Melhor Filme Estrangeiro.

*Sessão Superestreia
*Minha Mãe É Uma Peça 3
Telecine Premium, sábado, 27, às 22h
Dona Hermínia agora tem que lidar com o casamento de Juliano e a gravidez de Marcelina, além da chegada de um novo vizinho: seu ex-marido Carlos Alberto.

DOMINGO (28)
*Toda Forma De Amor
Telecine Touch, domingo, 28, às 15h25
Aos 75 anos, o pai de Oliver se assume gay, diz que está com câncer terminal e por isso passou a ter uma vida mais ativa até a sua morte. Meses depois, Oliver conhece a imprevisível e irreverente Anna, o que faz com que ele se dedique a amá-la, lembrando-se de fatos e ensinamentos de seu pai.

*Me Chame Pelo Seu Nome
Telecine Touch, domingo, 28, às 17h15
Na Itália dos anos 1980, o acadêmico Oliver chega a casa de Elio para ajudar seu pai numa pesquisa. Uma conexão nasce, e a dupla inicia um romance que desperta um turbilhão de sentimentos no garoto.

*O Segredo de Brokeback Mountain
Telecine Touch, domingo, 28, às 19h40
Jack Twist e Ennie Del Mar viveram uma passageira paixão durante o verão em que trabalharam juntos em um rancho. Agora casados, os dois se reencontram e o amor entre os dois ressurge. Dirigido por Ang Lee e vencedor de três Oscars, incluindo os de Melhor Direção e Melhor Roteiro Adaptado.

*Rocketman
Telecine Touch, domingo, 28, às 22h
Elton John traça sua trajetória desde a infância ao estrelato, após se internar na reabilitação. Com a parceria de Bernie Taupin, o astro supera os tropeços e celebra as vitórias que o fizeram fenômeno.

*Meus Dias De Compaixão
Telecine Touch, domingo, 28, à 00h10
Simon está no corredor da morte acusado de assassinar sua esposa, mãe de Lucy. Totalmente contra a pena, a garota participa de diversos protestos para tentar reverter o cenário. Certo dia, ela conhece Mercy, que tem o pensamento oposto ao seu. Apesar das diferenças, as duas acabam desenvolvendo uma relação em meio à tensão do contexto em que se encontram.

Pra terminar… 

“Você não irá dizer que me aceita
Você não irá dizer que me tolera
Você não tem esse poder
Eu retiro isso de você
Você irá me respeitar por quem eu sou!”

Discurso de Dominiquet AR Jckson, conhecida pela sua atuação como Elektra Abundance na série Pose, reconhecida pela sua luta pelos direitos trans e LGBT+.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Vote LGBT (@votelgbt) em

Categorias
ETC...
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR