ERUDITO E POPULAR SE ENCONTRAM NO "MÚSICOS EM CASA"

ERUDITO E POPULAR SE ENCONTRAM NO “MÚSICOS EM CASA”

Toda segunda, as 18h, no Instagram tem vídeo novo do projeto
Freepik

O Espaço de Cultura e Arte – ECA lançou o projeto “Músicos em Casa”, que apresenta arranjos diferenciados para alegrar o público que está em casa e que curte uma novidade.

O idealizador é o pianista Ricardo Matosinho que planejou a ação para viabilizar financeiramente alguns artistas que estão em casa e, ao mesmo tempo, proporcionar um momento musical diferenciado a quem está em isolamento social, devido ao Covid-19.

“Juntamos o instrumento à voz, com cada profissional em sua residência, para criar um vídeo artístico inesperado, podendo unir o erudito ao popular, mesclando estes dois universos num mashup “, explica.

O primeiro vídeo postado foi o cantora Rayane Boldrini, que interpretou “Rajadão”, música da Pabllo Vittar ao som da Sonata no.9, tocada no piano por Ricardo.

A cada segunda-feira, às 18h, um novo vídeo é postado nas redes sociais, Facebook e Instagram do ECA, até o mês de junho, podendo se estender.

A curadoria do repertório e dos artistas é feita pela equipe de músicos do  ECA. Cada vídeo pode contar com uma instrumentação diferente incluindo piano, harpa, viola, soprano, barítono, flauta e trompete. O projeto tem o patrocínio da Valenet.

Músicos convidados

Conheça quem são os músicos que farão parte do projeto

Cred. Gui Machala

Ricardo Matosinho
Graduou-se em bacharelado em piano pela Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais e fez pós graduação em Gestão Cultural pela UNA. Em sua carreira destacam-se apresentações nas principais séries de concertos do país, como Jovem Músico BDMG, Festival Nacional da Música de Divinópolis e FEMUSC em Santa Catarina. Participou de Master Class com renomados pianistas como Celina Szrvinsk (Brasil), Cristina Ortiz (Brasil/Inglaterra), Stéphan Sylvestre (Canadá), Berenice Menegale (Brasil), Fany Solter (Brasil/Alemanha) e Ricardo Castro (Brasil/Suíça). Após temporada morando em Berlim, foi contemplado pelo MinC com bolsa de estudos para o conceituado curso de Villa Medici Giulini (Milão – Itália) com um dos maiores pianistas do século XX, Paul Badura-Skoda. Atualmente é professor de piano no ECA – Espaço de Cultura e Arte, centro cultural de referência em Belo Horizonte, que fundou e é sócio proprietário.

Cred. Gui Machala

Fabíola Protzner
Vencedora dos prêmios Revelação e Júri Popular Feminino no 9º Concurso Internacional de Canto Bidu Sayão e do prêmio de “Voz com Melhor Futuro”, no Internationale Wettbewerb Karlsruhe für das Lied des 20. und 21. Jahrhunderts. Recentemente, concluiu mestrado em canto, em Hamburgo, na Alemanha, onde aprimorou seus estudos em performance operística e música de câmara. Como solista, já se apresentou sob a regência de Marcos Arakaki, Sílvio Viegas, Roberto Tibiriçá, Roberto Duarte, Roberto Minczuk, Holger Kolodziej e Mike Steurenthaler. Foi também, solista convidada de algumas das maiores orquestras do Brasil, como a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e a Orquestra do Teatro Municipal de São Paulo. Fora do país, apresentou-se numa breve turnê com a Klassik Philharmonie Hamburg.

Cred. Charles Brooks

Pedro Vianna
Vencedor do “V Concurso Jovem Solista da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais”, o barítono iniciou seus estudos de música em 2009, no Centro de Formação Artística do Palácio das Artes (CEFAR) em Belo Horizonte, na classe do professor Néstor Gurry (CUB). É bacharel em Canto Lírico pela Universidade do Estado de Minas Gerais. Participou de máster-classes com importantes nomes da lírica nacional e internacional como Eiko Senda (JAP), Damon Ploumis (EUA), Ismini Giannakis (GRE), Lucia Duchonova (SLO), Paulo Szot (BRA), Inácio de Nonno, Laura de Souza, Marcelo Coutinho, Lício Bruno, Carolina Faria e Eric Herrero. Integrou o Ars Nova – Coral da UFMG nas temporadas de 2008, 2013, e 2014, onde participou de importantes concertos, gravação de CD e DVD além de turnês pelo Brasil. De 2010 a 2018, atuou como músico convidado no Coral Lírico de Minas Gerais, participando de importantes montagens de óperas, concertos sinfônicos e oratórios.

Cred. Rubia Berto

Alysson Rodrigues
Volista, começou os seus estudos musicais em sua cidade natal (Brasília). Em 2007, já em Belo Horizonte, aprimorou seus estudos na Universidade Federal de Minas Gerais, cursando o bacharelado em Viola Clássica. Posteriormente seguiu seus estudos com os músicos Eliseu Barros, João Carlos Ferreira e Jovana Trifunovic. Como camarista, atuou com vários grupos locais e tocou em consagradas séries musicais da capital mineira, como o Jovem Músico BDMG e o Segunda Musical. Como músico Sinfônico, já acompanhou grandes nomes da música erudita e popular como Mônica Salmaso, Lenine, Milton Nascimento, Rosa Passos.

Cred. Paulo Colen

Rayane Boldrini
Em 2016 retomou seus estudos de técnica vocal com a regente e maestrina Tininha Castro, com quem trabalha até hoje realizando gravações, jingles e cantando com a orquestra e coral regidos por ela em Belo Horizonte e em Conceição do Mato Dentro. Hoje, ao lado de amigos experiencia a dor e a delícia de viver de música e para a música. Atualmente integra projetos ao lado de grandes figuras da velha e nova geração da música mineira, como Funk You (bloco de carnaval), Banda Mary Pops, Noar, Banda PretoBrass.

 

Cred. Polly Goetz

Rafael Ribeiro
É um flautista mineiro de Varginha. Iniciou seus estudos de flauta com a Professora Leonilda de Fátima da Silva no Conservatório de sua cidade. Graduou-se no bacharelado em flauta (2008) e no mestrado em performance musical (2012) ambos pela Universidade Federal de Minas Gerais. Em 2017 recebeu o diploma em performance pela University of Wyoming. Atualmente cursa o doutorado em flauta pelo Conservatory of University of Missouri – Kansas City e já atuou como chefe de naipe da Orquestra Sinfônica de Goiânia. Atuou também como flautista da Orquestra Jovem de Minas Gerais, UW Symphony Orchestra, George Mason Symphony Orchestra, UMKC Conservatory Symphony Orchestra e músico convidado da Orquestra Filarmônica de Goiás. Atuou como solista na Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Orquestra Sinfônica de Goiânia e UW Symphony Orquestra. Venceu prêmios como solista e músico camerista no Brasil e nos Estados Unidos, dentre eles UW Jacob Concerto Competition, Jovem solista da Orquestra Sinfônica de Minas, Concurso Nacional de Música de Câmera do Festival Villa-Lobos.

Cred. Gui Machala

Cecília Pacheco
É natural de Belo Horizonte e em 2011 formou-se em Música pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente, adquiriu o título de Master of Music pela Universidade de Música de Lübeck, Alemanha (Musikhochschule Lübeck) com Gesine Dreyer. Traz consigo diversas experiências no trabalho de orquestra e na performance solo. Tocou com inúmeras orquestras sinfônicas brasileiras de renome, bandas e conjuntos de câmara. Como solista, tocou a frente da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, a Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Minas Gerais e a Orquestra Filarmônica de Ribeirão Preto. Cecília participou de várias competições e foi vencedora dos Jovens Músicos do BDMG, série de concertos Segunda Musical, dos Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais e dos Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica da UFMG. De 2012 a 2014, trabalhou como harpista e educadora no projeto social/musical Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Infantis e Juvenis da Bahia) e como harpista da Orquestra Juvenil, participou de turnês nos EUA e Europa.

Cred. Charles Brooks

José Vitor
Natural de Ouru Preto, bacharel em trompete pela Universidade do Estado de Minas Gerais e músico da Polícia Militar. Em 2017 foi vencedor do I Concurso Jovem Trompetista da Associação Brasileira de Trompetistas e do Concurso Jovens Solistas da Escola de Música da UEMG. Atualmente participa como músico convidado em importantes orquestras do Estado.

Para assistir os vídeos já publicados, clique aqui. Abaixo, uma palinha de “All of Me”, com Rayane Boldrini.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por ECA – Espaço de Cultura e Arte (@ecabh) em

Categorias
destaqueMúsica
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR