COMEMORE O DIA DA MASSA COM MUITO SABOR

COMEMORE O DIA DA MASSA COM MUITO SABOR

25 de outubro é dia mundial da massa
Ph: FreePik

Elas são saborosas, de fácil preparo e combinam com uma infinidade de molhos. Sim estamos falando do nosso amado macarrão que comemora hoje o seu dia mundial e nós do t resolvemos fazer um pequeno guia sobre o assunto, assim você pode escolher seu tipo de massa, tipo de molho e fazer um prato maravilhoso. Bora lá?

Tipos de massas

Ph: FreePik

Massa Fresca
As massas frescas são as tradicionais receitas italianas, onde o alimento é elaborado com farinha de trigo semolina, água e sal, ocasionalmente podendo fazer uso de ovos para melhorar a consistência. A denominação fresca é dada a este produto por ele não passar por nenhum processo de ressecamento para conservação a longo prazo, devendo ser consumida logo após o preparo, ou após alguns dias refrigerada.

Massa seca
Massa padrão: é a produzida com farinha de trigo simples, água e sal. A qualidade inferior da farinha faz com que o macarrão fique mais grudento após o preparo, e que a massa se quebre com facilidade.

Massa com ovos: é um tipo de massa mais amarelada. A utilização de ovos na sua receita permite que o macarrão possa ser preparado mais al dente, não grudando e não quebrando com facilidade. É bastante nutritiva devido à presença do ovo.

Massa de trigo grano duro: esta é a massa tradicional italiana, feita com farinha de trigo durum, que deixa a massa naturalmente al dente, com boa consistência para mastigação. A utilização deste trigo específico deixa este produto um pouco mais caro do que o macarrão simples, mas também mais saboroso e nutritivo. É a massa ideal para paladares exigentes. Seu alto teor de glúten (composto elástico do trigo) deixa a massa bastante resistente, quebrando muito menos durante o preparo.

Massa de sêmola: a massa de sêmola é um tipo padrão desta mistura, porém elaborada com um trigo mais nobre, que é o semolina. A sua coloração é mais clara e sua consistência é macia, além de saborosa.

O que combina com o que

Sempre rola aquela dúvida de que tipo de molho a gente deve colocar em cada tipos de massa, e pra te dar um help nesse problema, ai vai um resuminho:

Ph: FreePik

Espaguete e Linguine: A consistência al dente e os fios longos destas massas pedem molhos líquidos, encorpados, mas não muito cremosos . As sugestões ideais são o tradicional molho pesto, o molho de tomate, o béchamel e os molhos com ervas frescas, vegetais e frutos do mar, que incorporam melhor à massa.

Tagliatelle, Papardelle E Fettuccine: O tagliattelle, o fettuccine e o papardelle são massas achatadas e mais espessas. As sugestões são os ragus, como o ragu à bolonhesa, o ragu de frango, cordeiro, cogumelos ou frutos do mar. Outras boas opções são o Carbonara e o Alfredo.

Gnocchi: De textura macia e tamanho pequeno ou médio, o gnocchi (ou nhoque, em português) é uma massa suave, que pede molhos de sabor intenso para absorver todos os aromas dos ingredientes. Os ragus são boas opções, assim como o molho de tomate. O béchamel também é uma boa opção, principalmente quando unimos sabores fortes a ele, como os cogumelos e o queijo gorgonzola.

Ph: FreePik

Fusili, Rigatoni, Macaroni, Penne E Farfale: Apesar de suas estruturas variadas, essas cinco massas tem uma coisa em comum: são pequenas ou médias, cheias de curvas e buracos que absorvem os sabores de cada molho. Para elas, a maior parte dos molhos cria uma combinação saborosa, mas os indicados são os refogados, à base de verduras e carnes, assim como os molhos cremosos à base de queijos.

Capeletti, Conchiglione E Ravioli: O capeletti, o conchiglione e o ravioli são massas recheadas ideais para gratinar ou servir em sopas, com saladas e ao molho. As sugestões para acompanhá-las são o molho de tomates, o molho à bolonhesa, o béchamel e as receitas à base de manteiga e ervas, que também são excelentes opções.

Lasanha: As lasanhas são folhas de massa de espessuras variadas, que podem ser recheadas ou intercaladas com receios versáteis. Os molhos para guarnecê-la variam de acordo com o recheio utilizado, indo dos mais suaves, como o béchamel e o molho de tomates, que acompanham recheios mais intensos, aos mais fortes, como ragus, para recheios mais suaves.

Cabelo de Anjo ou Cappelini – Fina, delicada e suave, esta massa é ideal para sopas e para gratinar. Os molhos que a acompanham vão variar de acordo com os ingredientes da receita, mas os mais indicados são os molhos à base de tomates e ervas, como o molho de tomate. O cabelo de anjo também pode ser servido ao alho e óleo ou à manteiga com ervas frescas.

*com informações kitchenaid e Nova Safra

Categorias
Gastronomia
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR