ČAO LARU APRESENTA NOVO DISCO "FRONTEIRAS" EM BH

ČAO LARU APRESENTA NOVO DISCO “FRONTEIRAS” EM BH

Show no Sesiminas apresenta as músicas da banda formada por músicos brasileiros, franceses e italianos
Crédito: Thaís Andressa

A banda viajante Čao Laru – formada por quatro brasileiros, duas francesas e uma italiana -, vem a BH na próxima quarta, dia 13, para um show com as músicas de seu mais novo álbum: Fronteiras, no Teatro de Bolso do Sesi.

Rodando o mundo em uma kombi desde 2016, o grupo reflete sobre as barreiras que nos separam em seu segundo álbum que foi lançado dia 1º de fevereiro nas plataformas digitais.

O Čao Laru (pronuncia-se Tchau Larru) é formado por Noubar Sarkissan, (cavaquinho, violão, pandeiro e voz), Laura Aubry (acordeom e voz), Marie Tissier (violoncelo e voz), Cecilia Iovino (sapateado, dança e voz), Felipe Trez (bateria), Fábio Pádua (flauta, clarinete, violão e bandolim) e Pedro Destro (baixo elétrico) completam a formação.

Começou quando músicos do Brasil e da França que se conheceram em 2015, durante o mestrado em Pedagogia Musical, em Rennes, na França. Desde então, o grupo já passou por mais de 20 países e lançou um disco, “Kombiphonie”, além de um primeiro EP chamado “Čao Laru”, lançado em 2016.

No ano passado, a turnê deste álbum no Brasil rendeu no primeiro semestre 40 shows no Brasil e mais 50 na Argentina e no Chile além de 60 apresentações na França e na Suíça no segundo semestre.

“É um disco em que discutimos temas sociais e políticos dos países em que estivemos, e no qual estão impressas nossa solidariedade, resistência e esperança no ser humano, questionando o tempo inteiro o porquê das fronteiras”, conta Noubar.

Ele assina a composição de “Teu Dólar Não Vale Mais”, lançado como single em dezembro e que conta com participação de Juliana Strassacapa, da Francisco El Hombre. Durante uma turnê pelo México, a banda demorou horas para encontrar uma “praia pública” que não estivesse dominada pelos resorts. Exemplo de como a vivência itinerante está intimamente ligada aos impulsos criativos da banda, a canção desenha um cenário onde um garoto quer apenas nadar, mas não pode. “Como faz pra entrar na praia privada norte-americana? / a grana afana o que é belo e bota na vitrine”, diz a letra.

A divisa entre quem somos na infância e quem nos tornamos quando adultos é o foco de “Ames d’enfants”, composta pela francesa Laura Aubrey.. As diferenças políticas – e as semelhanças trágicas – aparecem em “Marielle e Santiago Presentes”, que evoca os assassinatos da deputada carioca e do ativista argentino Santiago Maldonado. Já “Passaporte Passarinho” compara os fluxos humanos migratórios da África para a Europa com o movimento de travessia das andorinhas que, anualmente, cruzam o Mediterrâneo livremente.

Musicalmente, “Fronteiras” mostra o grupo experimentando novos territórios. As referências brasileiras e francesas de “Kombiphonie” (chacareca, afoxé, samba, o baião e a valsa francesa ), ganham a companhia de ritmos do leste europeu, hip hop e milonga. Estão ali polifonias vocais, combinação entre instrumentos acústicos e elétricos e arranjos que quebram as divisões imaginárias entre gêneros musicais, mas novas texturas – frutos da produção assinada por Felipe Trez, baterista da trupe.

“Fronteiras” é mesmo um disco-jornada e soa como uma viagem em que cada faixa é uma parada. O último desembarque é em “Saudade ou Gasolina”, composição de Noubar, Laura e Felipe com Luiz Gabriel Lopes, que acompanhou a banda em parte da turnê brasileira, e parece olhar para trás para observar o que foi vivido. “Eu tinha 17 anos / eu resolvi mudar de planos / do medo criei coragem / segui o rumo da viagem”.

Além de Juliana Strassacapa e Luiz Gabriel, o álbum conta com as participações de Luiz Gabriel Lopes, Livia Carolina, Henrique Mancha, Tiago Myazakie Manuel Tirso. O disco foi gravado no segundo semestre de 2018 em Rennes (FRA), São Paulo e Campinas. A produção desta turnê está a cargo da Tecer Cultural em parceria com Noubar Sarkissan e a Navegar Comunicação e Cultura.

Anote!

Show Čao Laru
Data: 13 de fevereiro, quarta
Horário: 20h
Local: Teatro de Bolso Sesi
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Conheça:
Site: https://caolaru.jimdo.com/
Facebook: https://www.facebook.com/CaoLaru/
Instagram: https://www.instagram.com/caolaru/
Youtube: http://bit.ly/CaoLaruYoutube
Ouça o Disco “Fronteiras”: http://smarturl.it/caolarufronteiras

Categorias
Música
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR