ATELIÊ WÄLS APRESENTA NOVO CARDÁPIO CHEIO DE SABOR

ATELIÊ WÄLS APRESENTA NOVO CARDÁPIO

Petiscos para compartilhar, pratos principais e até sobremesas estão no menu

Um dos lugares mais charmosos dedicados ao mercado cervejeiro da cidade, o Ateliê Wäls apresentou um cardápio completamente remodelado. Assinado pelo chef Rodrigo Rodrigues o novo cardápio da casa, que foi escolhida pela Veja Comer e Beber  como a melhor choperia de BH em 2019, é criativo e cheio de delícias que você não pode deixar de provar.

Fomos convidadas a conhecer as novidades e começamos a noite entendendo que as novidades da cozinha seriam harmonizadas com rótulos da casa por semelhança, ou seja, um prato mais ácido com um cerveja na mesma pegada e por ai vai. Para startar  a noite o chef escolheu nos presentear com um ceviche, mas não era qualquer ceviche tinha elementos fora da caixinha como melancia e leite de coco além de ter sido perfeitamente executado, com acidez e tempero na medida. Os chips de batata doce que acompanham o prato estavam divinos e a harmonização com a cerveja catharina sauer baby blue tornou a experiência ainda mais completa.

Passamos então a um segundo petisco, o amado, idolatrado e maravilhoso pastelzinho, que tinha no recheio um dos nossos maiores orgulhos gastronômicos: o queijo canastra, que foi  acompanhando por mel de laranjeira. O pastel estava delicioso, sequino, bem recheado, saboroso e quando degustado junto ao mel criava um sabor quase que indescritível na boca. Para acompanhar esta sétima maravilha do universo o chef nos apresentou dois diferentes rótulos, uma mister white e uma belgian white que apesar de terem sabores absolutamente distintos fizeram ótima companhia para os pasteizinhos.

Seguimos então para os tacos de bochecha, que eram compostos pela massinha  que são comuns aos tacos acompanhadas de saborosas bochechas de porco, couve cítrica e maionese de pimenta de cheiro. A bochecha estava uma delícia mas cá entre nós, o prêmio vai para o conjunto da obra! Acidez e sabor na medida. Acompanhou  esta pequena orgia gastronômica um ipa bem aromática, a worm lamb.

Deixamos então os pratos para compartilhar e seguimos para os principais e começamos com raviolis de espinafre com requeijão de raspa e molho de tomate tostado. Lendo rapidamente esta descrição você certamente nunca vai imaginar a complexidade dos sabores que se unem nesse prato que é simplesmente sensacional. Nossa editora de cultura, que me acompanhou nessa empreitada, disse que se casaria com este prato e ele foi harmonizado por ninguém menos que um dos rótulos mais amados da cervejaria, Wäls Verano.

E as maravilhas não pararam por ai, ainda tivemos um cupim lentamente braseado  que estava companhado por um nhoque frito, que caberia perfeitamente em qualquer grande cardápio para harmonizar,  uma dubbel da casa.

E para fechar divinamente a noite o chef Rodrigo que já havia nos deixado de queixo caído durante toda a noite conseguiu surpreender novamente, a sobremesa veio em forma de mineiridade: broa de milho, sorvete de erva doce, espuma de café e queijo canastra.  Todos os elementos estavam divinos, mas aquela broa… acho que ainda sonho com ela…  Para acompanhar estas preciosidades  uma Wäls vienna gold.

A noite foi literalmente deliciosa, os pratos estavam incríveis, as harmonizações muito precisas, o atendimento foi muitíssimo bem feito e o ambiente dispensa maiores comentários . Não bastando tudo isso ainda conhecemos a fábrica que está instalada dentro do ateliê acompanhadas do mestre cervejeiro da casa, que nos falou sobre rótulos e cervejas especialmente criadas para o Ateliê.

Para os amantes de boa mesa, a visita ao Ateliê é item obrigatório!

 

 

Categorias
Gastronomia
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR