ARRAIAL DE BELÔ COMEÇA NESTA SEXTA COM NOVIDADES

ARRAIAL DE BELÔ COMEÇA NESTA SEXTA COM NOVIDADES GASTRONÔMICAS

Evento vai ter Circuito com 23 bares e restaurantes e o concurso do melhor prato junino

A 40ª edição do tradicional Arraial de Belo Horizonte começa a próxima sexta, dia 15 de junho, trazendo para a capital mineira uma experiência junina completa, com muitas novidades, que foram apresentadas nesta terça pela Prefeitura de BH.

Para abrir oficialmente as festividades, um cortejo com dezenas de carroças enfeitadas pelas quadrilhas sairá da entrada principal do Parque Municipal no dia 16 de junho, sábado, a partir das 12h, com destino a Praça da Estação.

A festa, além de shows com as duplas sertanejas Bruno e Marrone e Edson e Hudson, e do tradicional concurso de quadrilhas, vai contar também ações voltadas à culinária, que vão ultrapassar os dias de evento na Praça da Estação até 15 de julho.

“Nosso Arraial já tem excelência na dança, representada pelos grupos de quadrilhas, e na música, com os grandes shows que levamos para a Praça da Estação. Agora, a ideia é colocar a gastronomia sob os holofotes e valorizar essa riqueza que temos na cidade. A nossa culinária é um dos principais atrativos turísticos de Belo Horizonte. Vamos mostrar o potencial que ela tem também dentro das tradições juninas”, afirma Aluizer Malab, presidente da Belotur.

iStock/Thinkstock/Getty Images (/)

O Melhor Prato Junino

A primeira ação gastronômica do Arraial será o Concurso Prato Junino. Realizado pela Belotur em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com a Frente da Gastronomia Mineira e com faculdades de gastronomia​ da cidade (SENAC, Promove, UNA e Estácio de Sá), a disputa tem como objetivo requalificar a área gastronômica do Arraial.

Cada faculdade promoverá um concurso interno entre os acadêmicos, que devem elaborar um prato típico, doce ou salgado, da culinária junina. As receitas precisam ter pelo menos dois ingredientes característicos, como torresmo, queijo minas, milho, quiabo, mandioca, canela, coco, amendoim, rapadura, fubá, cachaça, entre outros.

“É uma via de mão dupla: os alunos ganham a oportunidade de trabalhar novos pratos, pesquisar, discutir as melhores técnicas para lidar com os ingredientes da época sem perder de vista a tradição, e o Arraial ganha por oferecer pratos diferentes e interessantes para seu público”, comenta o chef Edson Puiati, coordenador do curso de Gastronomia da UNA.

As seletivas para escolher o prato vencedor de cada instituição serão nos dias 12, 13 e 14 de junho, nas respectivas escolas. As receitas vencedoras serão apresentadas em um evento na Cozinha Escola Mineiraria, no Mercado Central, no dia 16 de junho, às 10h. Os pratos que vencerem serão comercializados nos dias de festa.

O júri que vai avaliar os pratos é formado por Anália Picinin – Culinarista e Assessora de Operações e Eventos na Belotur; e Júlio César Gonçalves – Conselheiro da ABRASEL e membro FGM. Já o júri técnico será formado por Nenel Neto – jornalista responsável pelo Blog Baixa Gastronomia; Márcia Nunes – do restaurante Dona Lucinha; e Chef Tulio – do Chef Tulio Internacional Butiquim.

Circuito

Outra novidade da 40ª edição é o “Circuito Gastronômico Arraial de Belo Horizonte”, em que 23 bares e restaurantes da cidade disponibilizarão em seu cardápio uma opção junina. A ideia é fortalecer a culinária da época, oferecendo aos moradores e turistas receitas com ingredientes típicos.

“O Arraial de Belo Horizonte traz uma excelente oportunidade para bares e restaurantes da cidade apresentarem pratos com a temática junina, ressignificando a culinária mineira, o que proporciona um circuito gastronômico de alto nível para este que é um dos principais eventos da capital”, considera Ricardo Rodrigues, presidente da Abrasel.

Participam do circuito os seguintes estabelecimentos: Academia, Assacabrasa Lourdes, Baiana do Acarajé, Bar Ideal, Boi Vitório, Cafeteria da Fazenda – Comidinhas Mineiras, Casa Cheia Restaurante – Mercado Central e Savassi, Chalé da Mata, Dona Lucinha, Laicos, Maria das Tranças – São Francisco e Savassi, Marina’s Bar e Restaurante, Pampulha Stand Bar, Paracone, Pizzaria Estação Parada do Cardoso, Reciclo, Restaurante Escola Promove, Sport Bar Pizzaria, Verdinho, Xico da Carne – Cidade Nova e Santa Inês.

Vila Gastronômica Junina

O Arraial vai contar também com a Vila Gastronômica Junina, na Praça da Estação. Em parceria com a ABRASEL e a Frente da Gastronomia Mineira, o espaço vai contar com os restaurantes Dona Lucinha, Maria das Tranças e Sport Bar.

A Vila terá, ainda, a Tenda Saberes Alimentares, em que expositores de projetos como Direto da Roça, Territórios Sustentáveis e Armazém do Campo comercializarão quitutes juninos, com base no milho, amendoim, coco e mandioca.

O objetivo é resgatar métodos tradicionais de produção e uso de ingredientes, como, por exemplo, a rapadura de cana de açúcar, usada para adoçar mingaus e quitandas.

Na tenda também serão apresentadas, por meio de parceria com o programa Primórdios da Cozinha Mineira, do Senac, as rotas gastronômicas mundiais que trouxeram a Festa Junina a Minas Gerais, além do processo de desenvolvimento desse festejo tradicional na cidade de Belo Horizonte.

Restaurantes Populares

O cardápio junino também estará presente nos restaurantes populares da cidade, que receberão decoração especial. O menu especial será servido nos dias 15, 18, 21, 28 e 29 de junho e 4, 5, 9 e 11 de julho e terá pratos como caldo de mandioca, canjiquinha com linguiça, canjica e doce de amendoim.

APP

Outra novidade é o aplicativo do Arraial de Belo Horizonte que traz todos os detalhes da programação dos festejos juninos na capital. As informações estarão disponíveis no app, que em breve, poderá ser baixado gratuitamente para Android, na Play Store, e para IOS, na Apple Store.

Desenvolvido pela Prefeitura de Belo Horizonte, em parceria com a Belotur e a Prodabel, o app informa data, horário e localização (georreferenciada) dos eventos, tanto os oficiais, quanto os da Programação Associada.

Quadrilhas

Em 2018, 37 quadrilhas se inscreveram para competir no tablado da Praça da Estação. Nos dias 22, 23 e 24 de junho, 24 quadrilhas do Grupo de Acesso entram em cena. As 13 quadrilhas do Grupo Especial competem no fim de semana seguinte, nos dias 30 de junho e 1º de julho.

O Arraial terá, ainda, uma programação associada, com mais de 200 atividades previstas em toda a cidade já a partir de sexta-feira.

A programação completa da 40ª edição pode ser consultada aqui.

Categorias
Gastronomia
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR