ALBANOS LANÇA COFFEE IPA NO PROJETO “DA ORIGEM AO COPO”

ALBANOS LANÇA COFFEE IPA NO PROJETO “DA ORIGEM AO COPO”

Choppe tem tiragem limitada de 400 litros e foi criado em parceria com a academia do café

Minas são muitas e nossa cultura alimentar nos possibilita uma infinidade de maravilhosos sabores.  A partir do projeto “Da Origem ao Copo”, a Cervejaria Albanos foi atrás de vários sabores característicos de Minas Gerais para desenvolver novas receitas de suas cervejas. Após dois lançamentos muito apreciados pelo público, chegou a vez de lançar o terceiro rótulo com um ingrediente muito popular entre os mineiros: o café.

A Albanos Coffee Ipa, criada em parceria com a Academia do Café, já está disponível no Hub Cervejeiro Albanos Sion, no Albanos Lourdes e outros pontos de venda, em edição limitada como choppe.

Para a criação, foi utilizado o Café Topázio, produzido por Bruno Souza (4ª geração de cafeicultores da mesma família). Os grãos vieram diretamente da fazenda da marca, que fica localizada na microrregião do Alto do Rio Paranaíba, região do cerrado mineiro. A fazenda localiza-se a 1.190 metros de altura em relação ao nível do mar.

Trata-se de uma lavoura antiga e que possui características sensoriais de pêssego e caramelo com um corpo alto e acidez cítrica. É um café de alta qualidade e sua torra foi realizada na Academia do Café, sendo uma torra de cunho médio/claro, com o objetivo de mostrar as suas melhores notas.

O choppe tem como base o estilo India Pale Ale (IPA), caracterizado pelo amargor acentuado, devido à concentração de lúpulo, o aroma frutado e o frescor. O café utilizado foi extraído a frio, método conhecido como cold brew, e integrado à etapa de maturação da cerveja, preservando assim suas características frutadas, cítricas e herbais.

Esse é o terceiro rótulo desenvolvido a partir das expedições Da Origem ao Copo. A primeira cerveja do projeto foi uma Stout Chocolate com compota de laranja-da-terra. A cerveja tem como base o estilo Stout, com notas torradas que lembram chocolate e café. Junta-se a isso o sabor da compota de laranja, cítrica e levemente amarga do sumo da fruta. A sensação é a de estar saboreando uma barra de chocolate com laranja.

O segundo rótulo foi uma Catharina Sour com jabuticabas de Sabará. A equipe foi até a pequena produtora Meire Ribeiro na cidade, que faz diversos produtos com jabuticaba. A partir da visita, foi possível compreender melhor sobre o sabor e o uso da jabuticaba em diferentes receitas, e como ela poderia ser utilizada na cerveja Albanos.

Albanos Coffe Ipa encerra a produção realizada a partir da primeira expedição “Da Origem ao Copo”.

 

Sobre o projeto “Da Origem ao Copo”

Além de traduzir os sabores mineiros em forma de cerveja, o projeto “Da Origem ao Copo” tem a missão de valorizar o pequeno produtor. Atualmente, a agricultura familiar representa 38% do valor bruto da produção agropecuária do país, são 4,4 milhões de famílias agricultoras trabalhando. Só em Minas Gerais, temos 350 mil propriedades familiares. Ao apoiar esta ponta da cadeia, além de difundir a cultura mineira, a Cervejaria Albanos fomenta o desenvolvimento socioeconômico do estado.

 

Anote!

Bar Albanos Lourdes: Rua Rio de Janeiro, 2076.

Albanos Hub Cervejeiro: Rua Pium-Í, 611

Funcionamento: Quarta, quinta e sexta: 17h às 22h l Sábado: 12h às 22h l Domingo: 12h às 17h

 

Categorias
destaqueGastronomia
Comente pelo Facebook

RELACIONADOS POR